Notícias

Fio dental antes ou depois da escovação

Entenda como esse tema influencia a sua saúde bucal. 

Qual a forma certa: usar fio dental antes ou depois de escovar os dentes? Você sabe qual é a resposta a essa pergunta? Se a resposta foi não, estamos aqui para explicar melhor sobre o assunto!

Muitas pessoas compartilham não só esse questionamento, como também algumas dúvidas a respeito do passo a passo para utilizar o fio dental, quais os benefícios que ele traz e qual é o real motivo para esse produto fazer parte da nossa rotina de higiene bucal. 

Por que usar o fio dental?

Embora a escovação seja essencial para a limpeza dos dentes, a verdade é que só ela não é o suficiente. Isso se deve ao fato que nem sempre dá para acessar o espaço existente entre os dentes — que é de micro centímetros — apenas com as cerdas da escova.

Por conta disso, alguns pedaços e até restos de alimentos podem ficar presos ou acumulados nessa área, sem que você consiga notar. O problema é que, com o tempo, as bactérias vão se proliferar na região e dar origem às placas bacterianas que vão desencadear problemas bastante incômodos, como cárie e tártaro.

Quais são os benefícios do fio dental?

Além de proporcionar uma melhor higienização bucal, o uso regular do fio dental ajuda a reduzir a halitose e diminui a chance de desenvolvimento de doenças gengivais, como a periodontite e a gengivite — que provocam diminuição da qualidade de vida e só vão melhorar com a realização de tratamentos odontológicos.

Quando usar fio dental: antes ou depois da escovação?

Você já sabe porque usar o fio dental e quais são os benefícios que ele proporciona. Porém, deve estar se perguntando em qual momento usá-lo, não é mesmo? O correto é usar o fio dental antes ou depois de escovar os dentes? Afinal, há quem diga que esse produto deve ser utilizado antes da escovação, enquanto outros falam que o melhor é apenas depois dela. Por isso, resolvemos esclarecer de uma vez essa dúvida.

O recomendado é que você faça uso dele preferencialmente antes de todas as suas escovações do dia. Há dois motivos para isso. O primeiro é que ao remover os restos de alimentos que ficam no espaço entre os dentes e, muitas vezes, alojados bem próximo à gengiva, o fio dental facilita o trabalho posterior da escova.

Isso porque o fio garante que não haverá obstáculos que dificultem o vai e vem da escova dental — e que podem até provocar machucados na gengiva. Assim, as cerdas da escova vão conseguir passar pelo espaço entre os dentes, promovendo uma segunda limpeza na área — dessa vez, capaz de retirar a placa bacteriana que o fio não conseguiu.

Já o segundo motivo é que, ao adotar esse hábito como a primeira etapa da sua higiene bucal, dificilmente você vai esquecê-lo, adiá-lo ou fazê-lo de qualquer jeito. Contudo, o uso do fio dental antes da escovação não é algo obrigatório. Caso você prefira e se sinta melhor em utilizá-lo apenas depois da escovação, sem problemas, mas será necessário repetir a escovação após seu uso. O produto continuará sendo útil e tornando a limpeza dos dentes mais eficaz. O que realmente não pode acontecer é você deixar de usá-lo.

 

Compartilhe este Post!