Notícias

ANS divulga desempenho das operadoras e Dental Uni permanece com nota máxima

Agência anunciou avaliação de operadoras de planos odontológicos e novos indicadores

Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) apenas 25,9% das operadoras de planos de saúde – médico-hospitalar e de odontologia – que atuam no Brasil conseguiram nota máxima, entre 0,80 e 1,00, no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS). A informação, divulgada no dia 23 de setembro, é um dado do Programa de Qualificação da Saúde Suplementar da ANS, que avaliou a atuação de 975 operadoras, sendo 280 odontológicas.

Como esclarecemos no texto Qual a vantagem do seu plano odontológico possuir índice máximo na Agência Nacional de Saúde?, o IDSS é conhecido como a nota das operadoras. Seu resultado demonstra como o mercado está se comportando e é um importante parâmetro tanto para os 15,4 milhões de consumidores em planos exclusivamente odontológicos que compõem o setor de planos de saúde no Brasil, como para quem ainda reúne informações para realizar a contratação.

A Dental Uni permanece com nota máxima, levando em consideração Qualidade e Atenção à Saúde, Garantia de Acesso, Sustentabilidade no Mercado e Gestão de Processos e Reguladores. Estes indicadores passaram por mudanças na reestruturação do programa e agora apresentam uma nova composição e o mesmo peso no cálculo da nota final.

A Dental Uni faz parte do grupo de 93 operadoras que alcançaram nota máxima no IDSS, concentrando 10,75 milhões de beneficiários. Esse número equivale a 69% dos clientes de operadoras de planos odontológicos, deixando quase 5 milhões de usuários em planos que não alcançaram a excelência.

Para conferir a nota da Dental Uni no IDSS, acesse www.ans.gov.br.

Compartilhe esta notícia!